13 Janeiro 2018 - 19:37

Atheneu: 70 profissionais trabalham na reforma

O governo do Estado realiza reforma no colégio Atheneu. Uma equipe de 70 profissionais atua na obra, que irá beneficiar mais de dois mil estudantes. A previsão de conclusão é de 12 meses.

A melhoria do Colégio Atheneu faz parte do planejamento estratégico do governo do Estado, que prevê a reforma de todas as escolas da rede estadual até o fim de 2018. “A obra está dentro do cronograma e a previsão deve ser cumprida já que o trabalho está adiantado. A Secretaria de Estado da Educação (Seed) junto com as empresas responsáveis acompanham planilhas diariamente”, declarou o diretor do Atheneu Sergipense, Daniel Lemos.

A obra se encontra em sua primeira fase, e de acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, os serviços se mantêm céleres nos três pavimentos. “Na área externa iniciamos a demolição do revestimento para a recuperação da fachada. No pavimento térreo, concluímos a remoção do forro e a tubulação das instalações elétricas e estamos removendo o revestimento das paredes. No primeiro andar, removemos o forro de gesso, finalizamos a tubulação das instalações elétricas e hidráulicas, colocamos todos os caixões das portas e a aplicação do novo revestimento cerâmico nas paredes está bastante adiantada. Já no segundo andar, concluímos a remoção do piso e a tubulação das instalações elétricas e hidráulicas e estamos executando a elevação de alvenaria das três salas de aula onde era o auditório, bem como da nova bateria de sanitários e recuperando o telhado”, exemplifica.

Enquanto a obra não é concluída, os alunos estão realocados no Colégio Profissionalizante José Figueiredo Barreto. A coordenadora do colégio, Maria da Conceição Resende, diz que os alunos e professores estão em contagem regressiva para a inauguração do novo prédio. “Os alunos que tiveram oportunidade de estudar no prédio antigo estão ansiosos com a mudança, assim como os que não tiveram a oportunidade e que conheceram o Atheneu através dos seus pais e irmãos, todos são apaixonados pelo prédio”.

por Agência Sergipe

Comentários comentar agora ❯