14 Junho 2018 - 17:56

Gripe: vacinação é prorrogada pelo Ministério da Saúde

Seguindo a determinação do Ministério da Saúde, a Gerência de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) prorrogou mais uma vez a Campanha de Vacinação contra a Gripe (Influenza), que agora se estenderá até o dia 22 de junho. A medida foi tomada devido à baixa cobertura vacinal em alguns estados do país, aliada à preocupação com a proximidade do inverno – período de maior circulação dos vírus da gripe – e com o número de casos e mortes registrados no Brasil, que já dobraram na comparação com o mesmo período do ano passado.

“Como o município de Maceió já está muito próximo de atingir a meta de 90% da população inserida no público prioritário da campanha, daremos seguimento à imunização, mas, a partir de segunda-feira (18), a aplicação das vacinas será feita apenas nas unidades de saúde do município”, afirma a gerente de Imunização da SMS, Eunice Amorim.

Eunice explica que a campanha tem como objetivo vacinar contra os três subtipos vírus da gripe: Influenza B, H1B1 e H3N2. Em Maceió, até o momento, a cobertura vacinal já atingiu a um total de 87,18%, superando a meta em alguns grupos, como o de idosos.

Estão inseridos no grupo prioritário pessoas a partir 60 anos, crianças de seis meses e menores de cinco anos, grávidas em qualquer idade gestacional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do Sistema Prisional.

Além desses, também integram o grupo – mas precisam apresentar documentação para comprovar a sua condição – as puérperas até 45 dias após o parto, trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas, os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Ampliação da vacina

O Ministério da Saúde já começou a avaliar a possibilidade de ampliar a vacinação contra a gripe, a partir do dia 25 de junho, para outros grupos que não foram contempladas no grupo prioritário da campanha. Caso haja disponibilidade de vacinas nos estados e municípios, a vacinação poderá ser ampliada para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos.

por Secom - Maceió

Comentários comentar agora ❯